Blog Top Society - Karla Cruz

Nossa Resenha acontece dia 9 de julho na Vila dos Araçás

03/07/2022    Maristela Brittes

img/topsocie_blog/9240_post_3412.png


Dia 9 de julho vai acontecer a primeira edição da Nossa Resenha, festa que nasce com a proposta de privilegiar além da boa música, a boa conversa entre amigos, a famosa resenha. O encontro vai acontecer na Vila dos Araçás, Lagoa da Conceição, a partir das 22 horas e quer promover encontros seja na pista, ou no palco. 

As atrações serão Swing Maneiro, Sound Trio, Annyria Wailer, Dj Coy, Dj Anão, e outras atrações ainda serão confirmadas. 

A Nossa Resenha, que tem patrocínio da Amstel, já está com ingressos à venda em www.pensanoevento.com.br/nossaresenha
 
SERVIÇO

O que: Nossa Resenha com Swing Maneiro + Annyria Wailer, Sound Trio, Dj Coy, Dj Anão + atrações
Quando: 9 de julho às 22 horas
Onde: Vila dos Araçás, Lagoa da Conceição
Informações: @essaenossaresenha
Ingressos: pensanoevento.com.br/nossaresenha


Compartilhe nas redes sociais:

Festival Gastronômico Enchefs seleciona três catarinenses para a final nacional, em Macapá

03/07/2022    Maristela Brittes

img/topsocie_blog/9239_post_13666.jpg
Prova aconteceu na última segunda-feira na cozinha da Faculdade Senac de Florianópolis
O Festival Enchefs 2022 já tem os seus vencedores em Santa Catarina. Três profissionais (duas chefs de cozinha e uma profissional de coquetelaria) foram escolhidos nesta segunda-feira (27), numa prova que teve como palco a cozinha da Faculdade Senac Florianópolis. Os selecionados irão participar da grande final do Prêmio Dólmã, o Oscar da gastronomia brasileira, que acontece em agosto em Macapá (AP).
A grande vencedora da categoria cozinha foi Maria do Nascimento Garcia (de Florianópolis), bacharel em gastronomia e professora de cozinha oriental. Tem experiência na área de gastronomia com ênfase em turismo e cozinha asiática. É chef executiva do Jun Kappo Sushi.

Durante a prova, Maria apresentou o prato “Acalento” e conta que a ideia veio das memórias de infância. “Eu fui criada em uma família numerosa, então para o prato eu pensei no caldo e nas coisas que temos mais acessíveis. Como vivia em uma colônia no Acre, sem energia elétrica, tudo precisava ser fresquinho. Assim, esse prato foi criado em cima dessa memória que eu tenho, por isso se chama “Acalento”, porque tem os sabores, o molho e o caldo que te abraçam”.
Maria trouxe essa lembrança para a regionalidade catarinense, por isso, esteve com pequenos produtores e fornecedores para colocar em um único prato tudo o que representa o estado. O prato conta com carne suína, aipim, porcini (cogumelo que cresce em abundância na Serra Catarinense) e ostra.
O segundo lugar foi para Camila Figueredo (de Joinville), que trouxe um prato pensado a partir do pirão, uma comida afetiva em Santa Catarina. “Esse pirão teve uma pegada mais de um cassoulet e eu trabalhei também com uma junção terra e mar, pois isso representa muito Santa Catarina”. Assim, Camila utilizou o camarão rosa, erva baleeira, farofa com pão de fermentação natural, granulado de linguiça Blumenau e de ova de tainha.  
A edição contou também com a categoria coquetelaria, que foi vencida por Carolina Feijó (de Florianópolis). O drink apresentado levou em sua composição vodka envelhecida, licor de maçã, xarope de maracujá e vermouth de pinhão. “Para esse drink eu trouxe os quatro cantos de Santa Catarina: o Sul do estado com a maçã, vinho de Nova Trento, o pinhão da Serra e a vodka de Blumenau. Minha ideia foi trazer todas as culturas para serem degustadas em um único gole”, conta.
Essa foi a segunda vez que o Estado recebeu o Enchefs, uma iniciativa da embaixadora e coordenadora do festival no Estado, a renomada chef Janete Borges, vencedora do concurso de 2019 e participante do reality Mestre do Sabor. Para Janete, o nível dos competidores impressionou. “A competição foi bem acirrada e todos os competidores trouxeram muitas técnicas e ingredientes bacanas. Dá para perceber que foi tudo muito bem pensado”, analisa.
 
Além do Senac SC, são apoiadores do Enchefs: Observatório da Gastronomia Senac SC, Camila Gallo Comunicação e Amplocom Comunicação, Florianópolis e Região Convention & Visitors Bureau e Sebrae.
 

Compartilhe nas redes sociais:

Pedro Silva expõe Retrospectiva no Centro Integrado de Cultura (CIC)

03/07/2022    Maristela Brittes

img/topsocie_blog/9238_post_11905.jpg

O artista plástico paulistano radicado em Nova Iorque estará nos dias 02 e 03 de julho em Florianópolis, apresentando um compilado de suas criações entre os anos de 1999 e 2022. A curadoria da exposição está sob os cuidados de Paty Koerich
 
img/topsocie_blog/9238_post_10169.png
img/topsocie_blog/9238_post_5336.jpg
O artista plástico Pedro Silva, radicado em Nova Iorque desde 2014, apresenta nos dias 2 e 3 de julho a exposição PEDRO SILVA: RETROSPECTIVA, na qual reúne obras criadas por ele entre 1999 até os dias de hoje. A mostra conta com a presença do artista e acontece no Centro Integrado de Cultura (CIC), na Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica, em Florianópolis, das 18h às 21h.
 
Imerso nas heranças do surrealismo, do impressionismo e da arte contemporânea, Pedro Silva é autodidata e criou uma identidade própria em diferentes estilos de pintura, com predominância do óleo sob tela. Fazem parte da exposição suas primeiras obras experimentais, a série “Madames”, e diversas séries produzidas em Florianópolis, São Paulo, Berlin e Nova Iorque, além de uma obra desenvolvida em parceria com seu irmão e artista plástico, Camilo Silva.
 
A Wallpaper e Spell Art "I love myself" estão entre as criações expostas no CIC, na qual Pedro recorre às suas meditações diárias para desenvolver um vocabulário próprio e transformar mantras em linguagem contemporânea e universal. Com curadoria de Paty Koerich, a exposição destaca a série “Madames” e preparou uma sala especial para apresentar diversos trabalhos criados pelo artista na Big Apple.
 
Nascido em Presidente Prudente, interior de São Paulo, o artista cresceu em uma família apaixonada por cultura e, aos 6 anos de idade, se mudou para Florianópolis. Foi na capital de Santa Catarina que o então menino se ligou ainda mais às artes ao entrar em uma escola cujo foco era a criatividade. No atelier onde sua mãe aprendia pintura à óleo, na casa onde morava, Pedro aprimorou suas técnicas experimentando estilos, tintas e cores. Aos 12 anos, vendeu sua primeira obra e não parou mais.
 
Atualmente, o artista se prepara para lançar sua primeira música, criada para a série “Million dollars painting”, projeto em que trabalha há dois anos. A ideia é apresentar, em 2023, a obra de um milhão de dólares, que faz uma reflexão sobre o sonho americano e a inflação no mercado de arte. De forma bem humorada, Pedro faz o retrato de seu sucesso conquistado em terras americanas. “Depois que aprendi a amar a mim mesmo com a série 'I love my self', estou pronto para vender a pintura de um milhão de dólares”.
 
PEDRO SILVA: RETROSPECTIVA
Cocktail com o Artista e suas obras
Data: 2 e 3 de julho
Horário: 18h às 22h
Local: Centro Integrado de Cultura - CIC - Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica, Florianópolis.
 

Compartilhe nas redes sociais:
Busque no Blog
Publicidade
Redes Sociais
Perfil
Karla Cruz
[imagem1]Colunista social há 28 anos, é idealizadora tanto do Programa, como quanto Revista e Blog Top Society, além do evento Mulheres em Ev...
Curta Nossa Página