Blog Top Society - Karla Cruz

HIPNOSE NO TRATAMENTO DA DOR

06/12/2021    Henrique Harmonia

img/topsocie_blog/7688_post_11811.jpg

Considerada como uma intervenção mente-corpo, a hipnose é uma técnica antiga com relatos que remetem a 2000 A.C. onde através de um direcionamento de atenção e constrição de atenção periférica, conseguimos modular a função neuronal, contribuindo terapeuticamente  para tratamento tanto de problemas emocionais, psicológicos e/ou físicos, sendo amplamente utilizado na medicina a fim de alcançar benefícios como a diminuição da dor crônica, de modo a bloquear, reduzir ou mesmo eliminá-la. 

Seu princípio  baseia-se no controle do funcionamento neuronal onde, através dela, conseguimos  estimular ou inibir áreas do sistema nervoso central proporcionando uma mudança na percepção do meio e de si mesmo. A hipnose é capaz de agir diretamente reduzindo ou eliminando a percepção da dor além de agir no tratamento de problemas emocionais que podem ser oriundos da dor crônica como depressão ou ansiedade, por exemplo. Segundo estudos em neurofisiologia clínica e exames de imagem por ressonância magnética funcional, o indivíduo sob hipnose apresenta uma modificação no funcionamento de áreas do cérebro como córtex somatossensorial (percepção da dor e das sensações do corpo) e sistema límbico (controle das emoções).

Segundo o médico Neurocirurgião Funcional e Professor do Curso de Pós-graduação em Dor do Hospital Albert Einstein, Drº Benedito Domingos Amorim Filho, a dor crônica representa um impacto muito grande na sociedade, pois acarreta em incapacidade total ou parcial do indivíduo e a hipnose pode ser considerada uma forma de tratamento da dor em que o alívio é alcançado por meio de sugestões, normalmente oferecidas por um hipnotista ou alguém que domine a técnica.

Ainda de acordo com o especialista, existem algumas dores tratadas por hipnose como: enxaquecas, cólicas menstruais, fibromialgia, dores provocadas por tumores cancerígenos, queimaduras e procedimentos odontológicos, além de outros desconfortos.

As principais técnicas hipnóticas são caracterizadas por envolver a diminuição da percepção do mundo externo, a habilidade do cérebro em focar em um alvo e a reatividade à sugestão. Essas sugestões incluem o uso de palavras e sons para expressar o mundo interno do paciente, como dores e sensações, assim como transmissões não-linguísticas de informações para que se atinja o objetivo do alívio da dor.

“A hipnose tem potencial de impactar positivamente no tratamento de pacientes com dor crônica em seus aspectos físicos e emocionais.” Afirma o especialista

Release:

Drº Benedito Amorim 
Neurocirurgião Funcional 

Sócio Fundador da Cortex Academy
Instrutor e Diretor Clínico em Hipnose pela Cortex Academy
Professor do curso de Pós-graduação em Dor pelo Hospital Israelita Albert Einstein

Instagram:
@drbeneamorim
______
Rafaela Silva 
Assessoria de Imprensa
Compartilhe nas redes sociais: